"Espero que a arbitragem seja a mais imparcial possível”, diz Henrique

"Espero que a arbitragem seja a mais imparcial possível”, diz Henrique

Depois da arbitragem polêmica nos jogos contra o Boca Juniors, o Cruzeiro, sem tempo para lamentar, espera que os erros do apito não se repitam na final da Copa do Brasil, contra o Corinthians. O capitão Henrique diz que o elenco está preocupado somente em jogar futebol, desde que os árbitros sejam isentos na decisão do torneio nacional.


“Nós nos preocupamos somente em jogar futebol. A gente espera que a arbitragem seja a mais imparcial possível dentro de uma partida. É o que nós pregamos: a honestidade, a justiça. É deixar que o melhor time vença. A gente vai com a cabeça voltada para jogar futebol”, afirma.


O volante lembrou algumas situações que acabaram prejudicando a Raposa contra o Boca, pela Libertadores. “Claro que ontem (quinta-feira) aconteceram várias situações de o Boca amarrar, de esfriar o jogo, mas a gente não entra preocupado com isso. A gente só se preocupa em desempenhar o nosso futebol e fazer o nosso melhor na partida”, declara o jogador.


 



“Espero que a arbitragem seja o mais imparcial possível”, diz Henrique sobre a final da Copa do Brasil. Mano manifestou até sua preocupação quanto a isso após a eliminação para o Boca #otempo #superfc #cruzeiro #supernoticiafm pic.twitter.com/6QSufUnI6u


— Josias Pereira (@josiaspereira) 5 de outubro de 2018