Web Analytics
13°C 28°C
Ipatinga, MG

Bravo Motor decide se instalar na Bahia e Minas Gerais perde investimento bilionário e milhares de empregos

O projeto prometia um investimento de R$ 25 bilhões em nove anos e a criação de mais de 13 mil empregos para o estado

09/07/2024 às 06h24 Atualizada em 10/07/2024 às 20h41
Por: Redação
Compartilhe:
Bravo Motor decide se instalar na Bahia e Minas Gerais perde investimento bilionário e milhares de empregos

O estado de Minas Gerais sofreu um duro golpe ao perder a oportunidade de sediar o complexo industrial da Bravo Motor Company, fabricante de baterias de lítio e automóveis elétricos. Nesta sexta-feira (5), a empresa assinou um protocolo de intenções com o governo da Bahia e a prefeitura de São Sebastião do Passé, transferindo o projeto para o município baiano.

Continua após a publicidade

O acordo com a Bahia inclui a doação de um terreno de 400 mil metros quadrados, localizado às margens da BR-324, a 50 quilômetros de Salvador, com boas conexões para outras rodovias federais e portos. Este protocolo visa apoiar e promover a construção da “gigafábrica” na nova localização, garantindo um ambiente favorável para o desenvolvimento do projeto.

Continua após a publicidade

Anunciado em 2021 pelo prefeito de Nova Lima, João Marcelo Dieguez, e pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, o projeto prometia um investimento de R$ 25 bilhões em nove anos e a criação de mais de 13 mil empregos para o estado. Na época, Dieguez celebrou nas redes sociais: “Estamos fazendo história. Em mais de 320 anos, hoje será marcado como o dia em que Nova Lima se inseriu na vanguarda da inovação mundial."

Continua após a publicidade
Zema chegou a anunciar em suas redes sociais o investimento da Bravo Motor no estado

 

Eduardo Javier Muñoz, CEO da Bravo Motor, afirmou que a proposta encontrou maior apoio na Bahia, onde as diretrizes sobre eletromobilidade são claras e específicas, essenciais para o desenvolvimento do setor. Ele destacou o suporte do governo baiano e da prefeitura de São Sebastião do Passé, em contraste com a situação em Minas Gerais, onde a falta de políticas eficientes e comprometimento dificultaram o avanço do projeto.

A saída da Bravo Motor representa uma perda significativa para Minas Gerais, que deixa de receber um investimento bilionário e de criar milhares de empregos em um setor estratégico e inovador.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade