Web Analytics
13°C 28°C
Ipatinga, MG

Operação Vicário Avança em Piumhi com Mandados Contra Quadrilha de Clonagem de Veículos de Luxo

Segundo o MPMG, além de furto e roubo, a quadrilha está sendo investigada por crimes contra a fé pública e lavagem de dinheiro

14/06/2024 às 10h03
Por: Redação
Compartilhe:
Operação Vicário Avança em Piumhi com Mandados Contra Quadrilha de Clonagem de Veículos de Luxo

Na manhã desta sexta-feira (14), foi deflagrada a segunda fase da operação Vicário, conduzida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), visando uma organização criminosa especializada em furtos e clonagem de caminhonetes e veículos de luxo. As ações ocorrem em Piumhi e envolvem quatro mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão em Passos, Itaú de Minas, Delfinópolis e Fortaleza de Minas.

Continua após a publicidade

Segundo o MPMG, além de furto e roubo, a quadrilha está sendo investigada por crimes contra a fé pública e lavagem de dinheiro. A operação é resultado do trabalho do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Continua após a publicidade

Modus Operandi

A quadrilha utilizava equipamentos eletrônicos para codificar chaves e iniciar motores, clonando veículos ao adulterar a numeração do chassi e outros sinais identificadores. Em seguida, os suspeitos replicavam placas e transplantavam documentos de registro para vender os veículos falsificados como se fossem legítimos, dificultando o rastreamento e conferindo aparência lícita às transações.

Continua após a publicidade

Evolução do Crime

Os criminosos evoluíram de vender veículos no mercado clandestino para enganar compradores no mercado formal, vendendo veículos clonados por preços de mercado. Esta prática aumentou significativamente os ganhos ilícitos da organização.

Crimes Identificados

A investigação revelou um roubo, sete furtos, três adulterações de sinais identificadores de veículos, três crimes de lavagem de dinheiro, receptação qualificada, uso de documento público falsificado, falsidade ideológica, falsificação de documento público e estelionato, além de organização criminosa.

A operação Vicário continua em andamento, com mais ações previstas para desarticular completamente a quadrilha e trazer justiça às vítimas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade